Blog Single

Um pequeno empreendimento tem em seus funcionários o grande diferencial do negócio, que pode realmente destacar a marca em um mercado cada vez mais competitivo. Como nesse caso os salários e benefícios não conseguem ser os mesmos das grandes corporações, é com a gestão de pessoas que as pequenas empresas devem contar para atrair e reter talentos, elevar a autoestima dos colaboradores, motivá-los a produzirem mais e melhor e vestirem de fato a camisa da companhia.

Nesse sentido, os modelos de gestão de pessoas precisam estar adequados para atrair, reter e desenvolver pessoas com capacidades desejadas e, ao mesmo tempo, alinhar-se às estratégias de negócio da organização. Mas afinal, o que é uma microempresa? Uma microempresa, é simplesmente o pequeno negócio ou a pessoa jurídica (CNPJ) que tem como principais características o rendimento bruto anual de até R$360 mil, opção de escolha entre os regimes tributários e contratação de até 19 funcionários.

O que o profissional de gestão de pessoas faz pela empresa:

Essa área é muito mais do que o simples controle das folhas de pagamento e dos cálculos de ponto, horas extras e tributos. Ela, na verdade, tem como missão principal cuidar do ambiente de trabalho, zelar pelas relações interpessoais na empresa e manter os funcionários satisfeitos com as políticas de valorização e reconhecimento desenvolvidas pela organização.

A presença de um profissional de gestão de pessoas permite que a pequena empresa invista em melhorias na qualidade de vida dos funcionários, na produtividade, na comunicação interna, nos relacionamentos e nos resultados gerais do negócio, afinal, colaboradores motivados trabalham melhor, contribuem com seus colegas e estão dispostos a se comprometer com os objetivos da empresa.

Também é esse departamento que vai identificar em quais aspectos a atuação dos colaboradores pode ser aperfeiçoada. A partir desse estudo, vai propor capacitações e treinamentos para garantir que eles adquiram o conhecimento e habilidades necessárias.

Mas não é só isso, o bom desempenho depende também de outro elemento essencial: a motivação. Por isso, a gestão estratégica de pessoas buscará alternativas para:

  • Tornar o ambiente de trabalho agradável e seguro;
  • Desafiar os profissionais na medida certa, promovendo a melhoria na performance;
  • Engajar os colaboradores no cumprimento da missão e visão da empresa;
  • Promover a valorização e a satisfação do seu quadro de funcionários;
  • Incentivar o aperfeiçoamento constante com consequente aumento da competitividade do negócio.

Cada um desses itens pode ser destrinchado em uma série de ações do RH. O fato é que quanto menos burocrático e mais estratégico e humano for esse departamento, maior será a satisfação dos funcionários e melhores os resultados para a empresa.

Benefícios da gestão de pessoas para a empresa:

  • Engajamento dos colaboradores;

Engajamento é a palavra de ordem no mundo empresarial. Ela descreve os funcionários que não realizam suas tarefas apenas por obrigação, estes porque realmente acreditam no seu propósito e vestiram a camisa da organização. Quando isso acontece, os resultados são previstos: empenho para executar as atividades com excelência, alta produtividade, desejo de aprender e melhorar a performance, além de disposição para fazer o melhor para satisfazer o cliente. Dessa forma é importante que uma empresa compreenda maneiras de incentivar seus funcionários sem recorrer somente a estímulos financeiros, o endomarketing por exemplo, é uma forma de elevar a moral de seus contribuintes através de palestras motivacionais, planos de carreiras, pesquisas de satisfação e entre outras ações.

  • Mapeamento de perfil empresarial;

Este recurso auxiliaria na identificação das peculiaridades de uma equipe de forma segura e profissional, possibilitando trabalhar as habilidades e as competências dos membros. Tal ação contribui com o desenvolvimento profissional e pessoal da equipe, além de abrir mais caminhos para estimular o seu relacionamento interpessoal.

  • Desenvolvimento e retenção de talentos:

Um trabalho de gestão de pessoas que visa conhecê-las e desenvolver seu potencial é capaz de identificar alguns talentos excepcionais. Em médio e longo prazo, eles podem ser fundamentais para o sucesso da empresa. Para isso, é importante acompanhar as equipes de perto, realizar avaliações de desempenho e incentivar os líderes a atuarem como mentores dos funcionários de seus departamentos. Esse tipo de ação é essencial para identificar e reter talentos, proporcionando oportunidades de desenvolvimento profissional e carreira compatíveis com as aspirações dessas pessoas. É importante que haja planos de carreira bem definidos, nos quais os funcionários saibam o que para atingir suas metas pessoais e profissionais.

Escrito por

Raul Victor Silva Dutra

e Maria Fernanda Prates de Freitas