Blog Single

O mercado apresenta novos desafios quase que diariamente. Concorrência em constante desenvolvimento, mudanças de legislação que impactam o negócio e necessidade de inovar são alguns dos pontos recorrentes. Para superar esses obstáculos, muitas empresas recorrem a consultorias seja bem escolhida. Neste artigo, vamos apresentar cinco motivos para sua empresa contratar uma consultoria.

O passo inicial, naturalmente, é detectar aspectos que podem ser aperfeiçoados para buscar uma consultoria bem focada. Por exemplo, se os gestores notarem uma dificuldade em controlar o orçamento, devem encontrar uma consultoria financeira. Ao passo que uma limitação no rendimento dos colaboradores leva à opção por uma consultoria focada em gestão de equipes. Então, vamos conferir os cinco motivos para sua empresa contratar uma consultoria?


1 Busca pelo pioneirismo em seu segmento

A concorrência está acirrada em todos os mercados. Somente as empresas que se atualizam são capazes de sobreviver e manter as contas no azul. A contratação de uma consultoria é o caminho mais curto para essa atualização. Cabe ao gestor ter a percepção de qual área é mais sensível em seu segmento, para buscar melhorias bem focadas.

Uma consultoria traz os conhecimentos mais recentes de seu campo de atuação, com lições que agregam muito às empresas que a contratam. Essa busca pelo pioneirismo é determinante para o mercado definir quais players vão sobressair em relação aos demais. Trata-se de um investimento com possibilidade de retorno em duas frentes: incremento dos resultados e aumento do share de mercado.

2 Implementação de melhorias de gestão

Há uma confusão recorrente entre gestores na avaliação sobre a necessidade de contratar uma consultoria. Muitos imaginam que essa iniciativa só é justificável quando há um problema grave comprometendo a rotina da empresa. Consultorias não são equipes de bombeiros sempre aptas a apagar incêndios gerenciais. Certamente, são capazes também de resolver problemas urgentes e específicos, mas vão muito além disso. O mercado, de modo geral, precisa ampliar sua visão a respeito das consultorias para extrair o maior valor possível dos serviços por elas oferecidos.

Contratar uma consultoria viabiliza a implementação de melhorias gerenciais que impactam diretamente os resultados entregues aos clientes. Por vezes, os números podem até estar dentro do planejado, mas existe aquela margem para melhora ainda inexplorada. É nesse aspecto que uma consultoria pode fazer toda a diferença. Sua empresa não precisa de uma consultoria apenas se estiver com um problema específico, embora isso indique uma maior urgência.

3 Oportunidade de superar um problema específico

A contratação de uma consultoria representa a oportunidade de superar um problema pontual enfrentado pela empresa. Não existe um gasto desnecessário de energia e recursos na busca por soluções que nem sempre se mostram eficazes.

Uma boa consultoria oferece as ferramentas certas para encarar um problema que esteja impactando a rotina corporativa. Para isso, os líderes da empresa devem observar com atenção o planejamento e os últimos resultados. Esse exercício ajuda na identificação do que precisa ser aprimorado.

É mais ou menos como ir ao médico por sentir uma recorrente dor de barriga. Ao notar que você está com um problema, o profissional vai solicitar exames que permitam a identificação precisa do problema. A partir disso, poderá indicar o remédio que resolverá o problema e recuperar sua saúde.

No caso de uma consultoria, a dor de barriga seria o sintoma de que determinada área da empresa não está nos trilhos. O exame é a análise feita pela consultoria para traçar o melhor plano de “tratamento” daquele problema.

4 Bom custo-benefício

Líderes empresariais costumam ser reticentes em relação à contratação de fornecedores, ainda mais em tempos de corte de gastos. No entanto, é tudo uma questão de abordagem. A contratação de uma consultoria não pode ser encarada como um gasto, mas um investimento no futuro da empresa. Os recursos direcionados a esse fim poderão ser revertidos em uma maximização dos lucros meses depois.

O mercado premia gestores arrojados e atentos às oportunidades de implementar melhorias no dia a dia corporativo. O líder que contrata uma consultoria após detectar um problema a ser enfrentado demonstra preocupação em manter sua empresa nas primeiras posições. Por outro lado, negligenciar um problema pode ter um efeito dramático mais à frente, conforme ele ganha corpo.

Claro que cada real investido no aperfeiçoamento da empresa deve ser bem pensado. Para economizar na contratação de uma consultoria, cabe à equipe gerencial fazer uma pesquisa minuciosa. O erro está em pensar que o problema desaparecerá de forma natural. Pode até acontecer, mas a empresa fica em constante risco quando há algo fora do eixo.

5 Ganho permanente para a empresa

O custo-benefício na contratação de uma consultoria se estende à ideia de continuidade. O dinheiro investido se reverte inicialmente no aumento potencial dos resultados, conforme indicado anteriormente. Porém, existe também um ganho permanente do qual a empresa pode tirar proveito. O conhecimento adquirido por meio de uma consultoria não é perdido quando o contrato se encerra.

Imagine que sua empresa fechou um acordo de três meses com uma consultoria ambiental para melhorar a gestão dos resíduos. Ao longo desse período, serão implementadas melhorias com foco na destinação do lixo gerado. O processo gera um aprendizado bastante rico para os colaboradores da empresa, que passarão a adotar essas boas práticas.

Ao final do contrato, existe a opção de renovar, mas a empresa já sairá ganhando mesmo que prefira encerrar a parceria. O conhecimento adquirido tem um caráter de ganho permanente, um capital gerencial que contribuirá no planejamento dos anos seguintes.